Comentários

Arca de Noé

Autor: @valdenorsci - Belém - PA

Profético!

Ah, eu não tô nem podendo ver essas coisas. O mundo tá se caminhando por um caminho muito, muito sombrio. Tá faltando amor e solidariedade como nunca.

Mauricio Ricardo
Autor: Carlos Coelho Pacheco - Curitiba - PR

Hahaha! Como você não gosta do Bolsonaro, pensei em ti na hora. O fotógrafo em Brasília flagrou a conversa dos dois:
“Papel de filho da puta que você está fazendo comigo. Tens moral para falar do Renan? (Renan é o filho caçula de Jair) Irresponsável”, escreveu Jair a Eduardo. A cobrança prosseguiu: “Mais ainda, compre merdas por aí. Não vou te visitar na Papuda”, continuou. Jair se mostrou ainda preocupado com o que o filho estava fazendo. "Se a imprensa te descobrir aí, e o que está fazendo, vão comer seu fígado e o meu. Retorne imediatamente." A mensagem terminou com Eduardo irritado por ser comparado ao irmão mais novo, seguido de uma pergunta: "Voto em JHC ou João Fernando Coutinho?".". E aí? O que achas?

Adianta dizer alguma coisa? Lula Marques é fotógrafo profissional há décadas. Mas os fãs do Capitão Jair não quiseram querer saber porque ele acha que o filho pode ir parar na Papuda. Muito menos reconheceram o que o Eduardo é: filhinho de papai que pegou carona na carreira do velho. apenas disseram que é montagem e gritaram: "CHOLA! MITOOOOOO!!". Aí, quando mais tarde, num post do próprio Eduardo, pai e filho admitiram a conversa, compraram as desculpas esfarrapadas e massacraram um eleitor que, educadamente, questionou o fato dele ter faltado à sessão.
Com essa gente não tem discussão.

Mauricio Ricardo
Autor: Flávio - São Paulo - SP

Eu também achei esse traço do Temer zoadinho... nem falei nada por que na verdade eu tava pensando se não era coisa minha... Enfim, você disse para enviar e-mail, se fosse o caso...

Só você enviou. Acho que a maioria das pessoas não tá lá tão interessada no traço que eu tô usando.

Mauricio Ricardo
Autor: Junior Podanoschi - Campo Mourão - PR

Grande M.R. você me surpreendeu falando que pai de família poderia ter uma arma em casa. Legal, também acho que sim. Ninguém de bem que sair matando ninguém, mas gostaria de poder proteger legalmente minha residência com uma arma.

É, as pessoas tendem a se surpreender com algumas das minhas ideias fora da caixinha. Eu honestamente não sou radical em um monte de tópicos e o desarmamento é um deles. Porte de arma, na rua, eu não defendo. Já vi muitos casos de gente que morreu de forma estúpida por causa de briga de trânsito, por exemplo. Mas ter uma pistola ou revólver em casa deveria, sim, ser questão de escolha. Se você se defender de um assaltante, em casa, de madrugada, com uma faca ou abajur, também poderá matar o cara. Mas é muito mais arriscado.

Mauricio Ricardo

Elogio da semana

Autor: Ricardo Calixto Rodrigues - Campinas - SP

Participei hoje do live no periscope do twitter e quero parabenizá-lo pela lucidez das suas ideias. Atualmente é difícil conversar com as pessoas por causa da intolerância e radicalismo: para muitas pessoas ou você é mortadela/petralha (já fui chamado de mortadela por criticar o Temer) ou reaça/tucano. Triste essa situação. Era da pós verdade, em que o "penso, logo existo", de Descartes virou "acredito, logo é verdade" (vi isso em uma charge no Facebook). Parabéns pela interatividade com seu público. Admiro muito seu trabalho e acompanho o site desde a internet discada.

Muito, muito obrigado, Ricardo. Essa foi uma semana pesada, porque além do drama do Espírito Santo, tivemos que engolir a indicação do Alexandre, Lobão na Comissão de Justiça e a família Bolsonaro fazendo os brasileiros de otário.
Mas hoje é sexta-feira. Bom descanso, galera.

Mauricio Ricardo