Comentários

Gente boa também mata

Autor: Renata Rodrigues Bezelga de Luca - Regente Feijó - SP

Olá, estou feliz com seu retorno e espero que tenha aproveitado suas férias o melhor possível. Pois bem, meu comentário tem relação com a nova propaganda do Governo Federal sobre direção de veículo e bebida alcoólica. Foi criada uma discussão (que agora envolveu o CONAR) sobre o fato de que a propaganda estaria comparando pessoas boas com criminosos do volante,ao dizer, por exemplo, que quem planta árvores também mata.
Eu não sou estudiosa no assunto, não vou emitir uma opinião científica sobre ocaso (até aceito opiniões sérias e comprometidas que demonstrem se eu entendi errado), mas eu não consegui ver um absurdo tão grande assim no que mostra a propaganda. Tivemos um caso recente aqui por perto de onde eu moro em que uma pessoa boa, estudiosa, trabalhadora, jovem educada, respeitosa, que não se envolvia em brigas ou discussões, que cuidava da família, enfim, um dia participou de uma festa, não estava acostumada a beber e bebeu, saiu com seu carro e matou um pai de família que ia trabalhar de moto.
Ora, a propaganda quer dizer exatamente isso: pessoas boas também podem matar ao volante se resolverem beber demasiadamente e dirigir, não é porque eu faço tudo certo que eu não vou causar um acidente. Eu só vi uma propaganda de conscientização mesmo, mas se alguém viu algo que não me alcançou ver por favor esclareça, caso não, é muito mimimi mesmo e tá na hora da sociedade crescer e parar de fazer birra e focar sua luta para o que vale a pena de verdade...

Eu também entendi a campanha claramente, Renata. E concordo com você sem tirar uma única vírgula (hã... tá, se na revisão tiver passado alguma, posso tirar). A propaganda é bem clara e um Brasil menos tapado e menos mimimizento (neologismo, mas vocês entenderam) entenderia e apoiaria.
Sim, você pode adotar velhinhos em asilo, tirar cãezinhos da rua, ser um pai de família exemplar e fazer m(*) no trânsito.
Liga não. Tá difícil mesmo.
Mauricio Ricardo

Comentários