Selecione ano e mês para exibir os E-mails Comentados:

Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

Grande M. R., você já viu uma moto que mente para andar? Como assim mente? Como assim anda? Abraços. 

Rosemeire Fini Ribeiro - Jaú - SP

Eu imagino um cara empurrando ela e o velocímetro marcando a velocidade errada. Ou seja: ela mentindo pra andar, entendeu? Hã... Foi meio besta, isso. Mau começo.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários | Escreva para esta seção

Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

Gato teimoso contra uma pequena caixa.

Versetty - Rússia

Você tem alguma dúvida de que não é sacanagem do dono? O cara joga uma guloseima no fundo da caixa e o pobre do gato tenta tirar de diferentes maneiras. Na última tentativa ficou engasgado. Visivelmente constrangido, inclusive.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários | Escreva para esta seção

Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

Outro dia você falou não ser a favor do sexo livre na resposta a um e-mail. Eu, como pessoa insignificante pra sociedade que sou e que não vê sentido na monogamia, pergunto: Por que não a monogamia e o sexo livre? 

Figueiredo - São Paulo - SP

Eu não disse que sou contra o sexo livre. Disse que, particularmente, acho MUITO MELHOR o sexo com sintonia, cumplicidade. Aliás, sequer usei o termo "sexo livre": disse "sexo casual". E, claro, acho melhor praticá-lo que ficar na seca.
Eu evito ao máximo me posicionar contra qualquer comportamento consentido e não prejudicial entre as parceiros de cama. Esse campo é muito pessoal e complexo.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários | Escreva para esta seção

Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

Eu dei uma ajuda pro cara que escreveu um pouco errado (dia desses, nesta seção).
Poxa, no campo idade, lembro quando escrevia 19...20... rs 

Teruo Hozono - Ibiúna - SP

Putz. Lembro-me muito bem das suas colaborações. Já tá com 32? Fico feliz em manter sua fidelidade. Mesmo que você tenha sumido uns anos e voltado.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários | Escreva para esta seção

Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

Gostaria de sugerir uma charge criticando a prática comum dos shoppings e estacionamentos em insistir em dizer "validar" o ticket ao invés da realidade que é "pagar" a estadia no estacionamento, dando a impressão de que não há desembolso para o cliente. A gente chega ao caixa pra "validar" mas somos cobrados. É uma técnica de marketing fajuta. mas cada vez mais difundida aqui.

Henrique Nolli - Contagem - MG

Boa. De quebra dá pra sacar, na charge, outros eufemismos (forma mais delicada ou disfarçada de dizer uma coisa) usados pelas empresas no dia a dia. Alguém sugere alguns?
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários | Escreva para esta seção

Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

Quanto vale uma bicicleta, M. R.? 

Denise - Köl - Alemanha

Caramba. Chamar roubo de "justiça social" só era prática aceitável no tempo do Robin Hood. Definitivamente, esse argumento não soma valor à causa dela.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários | Escreva para esta seção

Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

Para tocar o terror. 

Marcello Seiffert - Belém - PA

Se o objetivo da música for fazer dançar, esse instrumento aí funciona. É só o cara ficar dando tiros no chão, na direção da pessoa. Mas claro que neste fim de semana você não quer dar de cara com um músico desses, né? Curta música de verdade nos barzinhos, tome uma cerveja por mim (ou suco de açaí, se for a sua), bom descanso e até segunda!
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários | Escreva para esta seção