Quinta-feira, 03 de Setembro de 2015

Tem publicitário que usa a criatividade até para os casos mais absurdos da nossa sociedade.Tiro meu chapéu pra esse.

Autor: Diógenes Araújo - Guarulhos - SP

Viu? Nem todo capitalismo é selvagem! Já viu indústria dispensando cliente como eles?
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 03 de Setembro de 2015

Aê, grande M. R., quando você pensa que já vou de tudo...

Autor: Cléber Lomar - Rio de Janeiro - RJ

Nunca imaginei que uma cara de bunda pudesse ser tão agradável.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 03 de Setembro de 2015

Maurício, se você usar a idéia do Gilberto (tema da charge de hoje), é melhor colocar um aviso de que é apenas uma piada ou as pessoas poderão pensar que é uma campanha eleitoral. Não há muita diferença entre elas.
Sobre esse negócio de promessas não cumpridas, Tiririca prometeu contar ao eleitorado o que Deputados Federais fazem. Isso também vai na charge?

Autor: Luiz Augusto de Carvalho - Rio de Janeiro - RJ

Nisso ele traiu a gente completamente, já que tem ido em todas as sessões da Câmara. É ÓBVIO que lá ele JAMAIS encontrará deputados por lá. Como descobrirá, então, o que eles fazem?
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 03 de Setembro de 2015

Sobre o e-mail do Carlos Eduardo acerca da charge do dia 01/09 (consultas médicas pelo Google).
Bem, eu tive uma experiência com minha tia nesse ponto, de pesquisar no Google, diferente. Ela foi diagnosticada com uma doença completamente diferente dos sintomas que sentia. Cheguei a essa conclusão graças ao Google. O médico era da rede pública, e sem querer entrar na discussão se esse médico era apenas ruim, mal formado ou sei lá o que (sim, eu sei que existem otimos profissionais que estão na rede pública hoje em dia) resolvemos leva-lá num especialista num bom hospital particular.
Lá, disse pro médico que o diagnóstico nada tinha relação com os sintomas graças as pesquisas que fiz no Google. Surpreendentemente ele me disse que essa "geração Google" acaba ajudando, já que percebe esse tipo de erro. Que o ruim era a automedicação, mas o fato de usar as pesquisas para constatar um erro era bom.
Enfim, so quis enriquecer o debate.

Autor: Rodrigo Pereira - Goiânia - GO

Sem dúvida, Rodrigo, nesse mundo de dualidades, nada é absolutamente bom e nem ruim. Conheci até médicos que, em caso de dúvidas, recorrem ao Google. Bem, eu não sabia que eles faziam isso, mas depois da charge uns dois me escreveram, pedindo pra não ser identificados.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 03 de Setembro de 2015

Dia desses no meu trabalho, devido à crise, uma colega reclamou que não tinha dinheiro nem pra comprar o cigarro. Falei que ela deveria é agradecer a situação. Se ela não fosse fumante, além de ser bom para saúde dela, ela talvez ainda tivesse o dinheiro.

Autor: Wandeir - Caldas Novas - GO

Talvez ainda tivesse o dinheiro? Mas que dinheiro? O que ela já disse que não tem?
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Astro mudo de “O Artista” no sofá do Tobby!