Cotidiano - Aula de português

Indique a um amigo.

Incorporar ao seu site

Terça-feira, 27 de Janeiro de 2015

Caro M.R., não sei você, mas eu ri muito com essa imagem.

Autor: André Barini - Manaus - AM

Pois é. Como classificar o autor dessa obra? Vândalo? Grafiteiro? Poeta? Filósofo? De uma coisa eu sei: ele aproveitou bem o espaço em branco, por mais controverso que pareça.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Terça-feira, 27 de Janeiro de 2015

Salve grande Eme Erre! Imagino que vc já tenha visto esse e outros vídeos desse gênio da música e da dança, uma vez que se tornou viral nessas últimas semanas. Mas não resisti e resolvi te mandar esse clássico moderno da cultura brasileira. Dentre tantos vídeos que poderia ter escolhido desse talentoso ser, resolvi mandar esse mesmo, o mais bombante entre todos. Carlinhos de Jesus e Ana Botafogo devem se sentir constrangidos perante tanto talento.
No fim de tudo, só resta uma coisa há dizer: maldita inclusão digital!

Autor: Ana Maria Tavares - Juiz de Fora - MG

É, eu já esbarrei nesse vídeo pela Internet afora. Creio que a maioria de vocês, amigos de todos os dias, também. Mas quem ainda não conhece precisa conhecer. É sempre bom medir quantos metros o fundo do poço vem afundando.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Terça-feira, 27 de Janeiro de 2015

Se a moça não tá a fim de namorar, será que compensa ir conversando com ela e tentar chegar nela, pra ver se rola alguma coisa?

Autor: Alex Dias - Taubaté - SP

Mas é claro. Mesmo porque só tentando você vai saber. E se ela não estiver a fim de namorar, segundo suas próprias palavras, pelo menos pode rolar alguma coisa.
E todo namoro começa com "alguma coisa".
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Terça-feira, 27 de Janeiro de 2015

Gostaria muito da sua opinião do seu conselho, sou sua fã e gosto muito do seu trabalho.
Sou casada há uns cinco anos e aproximadamente há dois meses tenho me relacionando com outra pessoa. Tenho 33 anos mas não parece, pois tenho rosto e corpo de bem mais nova e me apaixonei por um rapaz de 28 anos, sabe, assim do nada, sem querer rolou um beijo e foi passando o tempo e fomos nos relacionando. O que me preocupa é que sou casada e isso nunca me aconteceu, tanto é que nunca gostei de traição. E não aguento mais fazer isso, só que a vontade de estar ao lado dele é muito grande, o rapaz com quem estou saindo é divertido e aparenta ser mais moleque e eu. Nunca gostei desse tipo: os meus gostos estão mudando. Não sei o que fazer, pois, já não sinto nada pelo meu marido, não consigo ter relações sexuais e não sei se isso é passageiro, se acontece nos relacionamentos e tudo mais. E o rapaz por quem me apaixonei não quer mais sair comigo, a não ser que fique solteira. Por favor me de sua opinião, POIS NÃO SEI O QUE FAZER.

Autor: Karina - São Paulo - SP

Putz, minha opinião é: CHIFRE, JAMAIS. Eu acho que a coisa tem uma ordem natural: primeiro você resolve as coisas em casa, depois na rua. Não tem sexo? O casamento tá um lixo? Apaixonou-se perdidamente por outro? O que você tem que se perguntar é:
1 - Vale a pena lutar pra ficar numa boa em casa?
2 - Você está estruturada pra meter um pé na bunda no seu marido?
Se a resposta pra primeira pergunta for "Não" e a segunda for "Sim", faça as malas porque, desde já, você tá fazendo uma p(*) sacanagem com o cara que é seu companheiro há cinco anos.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Terça-feira, 27 de Janeiro de 2015

Aí, M.R., por que cueca não se chama paueca?

Autor: Didi - Santos - SP

Bem, é um lado contra o outro. Talvez tenham decidido o nome tirando cara ou coroa.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Reforma: Garoto mala estuda nas férias...