Cotidiano - Ontem, numa blitz...

Indique a um amigo.

Incorporar ao seu site

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

Incrível como ano após ano é o mesmo roteiro... 

Autor: Vanderly Soares - Anápolis - GO

Caramba. Essa charge é simplesmente genial. Que poder de síntese fantástico. Tá tudo dito aí.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

Momentos de pai e filho. Mas de um pai que trabalha na economia criativa.

Autor: Anton Marcos Kammerer - São Paulo - SP

Esse pai manja MUITO de efeitos especiais! Deve trabalhar na área. Bem, se não trabalhava antes de lançar o vídeo, deve ter chovido proposta de emprego.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

Maurício, me dá umas dicas de como flertar com um carinha pelo WhatsApp? E mostrar a ele que ainda estou a fim? É o seguinte: nós já ficamos, mas ele me trocou por outra. E a outra, por sua vez, trocou-o. E agora ele me pediu desculpas por isso, só que ele pensa que eu não quero mais ficar com ele. Mas apesar do que houve eu quero, sim, mas não sei demonstrar. Sou tímida e não queria parecer "oferecida", até mesmo pelo que aconteceu.
Me diz como devo me comportar? 

Autor: Fernanda - São Paulo - SP

Se ele tá mesmo arrependido e a fim de você, quatro quintos do caminho já tá andado.
Acho que é só você começar o papo com uma abordagem simpática, interessada, mas que não escancare seus sentimentos.
Um exemplo: escolha um tema de muito interesse dele: um gênero musical, um tipo de atividade física, uma nerdice... Qualquer coisa.
Arranje na Internet uma imagem divertida sobre o tema.
Mande pra ele com uma frase do tipo: "Vi e me lembrei de você. kkkk" (ou hahaha, ou ueahuaheua, sei lá como você ri). A risadinha quebra o gelo e a abordagem não fica tão solene.
Depois é ver a reação do cara e, se tiver clima, retomarem de onde pararam.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

Fala, M.R.! Em época de eleição sempre tem essas propagandas incentivando os eleitores com frases do tipo: "Vem pra urna, exerça seu direito etc.". Cá entre nós, exercer o direito é o mesmo que ser obrigado a exercer o direito? Que país democrático é esse heim? Cadê esse tal direito de ir e vir? 

Autor: Wanderson Acássio - Ituiutaba - MG

É, e sempre que chegam as eleições muita gente me manda desabafos como o seu.
Também acho o cúmulo do absurdo. Aquilo que somos forçados a fazer não é um direito: é uma obrigação.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

E aê, M.R.! Duvido você ler o título dessa notícia sem rir! KKKKKKKKKKK 

Autor: Daniel Hannemann - Belém - PA

Esse negócio de "Cuba lançou um foguete, quero ver Cuba lançar" já é tão velho que rir, rir eu não ri. Mas esbocei um leve sorriso. Já tá bom, né?
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

É sério! Dois chopes e volante agora é cana!