Cotidiano - Tapa-sexo

Indique a um amigo.

Incorporar ao seu site

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

E aí M.R., o que acha desse cara tão sortudo? 

Autor: Allan Vitor - Entre Rios de Minas - MG

Ah, acho que ele não é assim tããããão sortudo. Talvez fosse melhor ter uma mulher um pouco mais modesta, menos exibida e... hã... menos brega. Mas aí já é questão de gosto pessoal.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Sigo isso desde a paródia de quando Rubinho ganhou pelo primeira vez "Meu carro é vermelho/ Mas o pentelho tem um carro igual / Mas teve um domingo que acertei no bingo / Difícil explicar/ O alemão dançou / São Pedro ajudou / E eu consegui ganhar". Mais ou menos por ai...
Mas vamos falar de coisa boa:
 

Autor: Rodrigo Dantley - Belo Horizonte - MG

Começando pelo vídeo: isso aí é que a Educação integrada com a realidade do aluno! Currículo aplicável à vida real!
Quanto à letra da minha paródia... Rodrigo, cê sabe melhor que eu! Obrigado!
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Maurício, meu caro. Venho aqui pedir sua opinião como quem pede conselho a um amigo no boteco. Só não peço pra um amigo pessoal porque estou longe da minha região,
Estou com problemas no Casamento. Eu e minha mulher estamos juntos há seis anos, e temos dois filhos, de 2 e 5 anos, sou louco pelas crianças, a gente mora longe de parentes. Aqui sou só eu, ela e as crianças.
Ela tem 33 anos e agora resolveu que quer voltar pra casa dos pais para que eles possam ajudá-la a tomar conta das crianças e permitir que ela trabalhe e estude.
Eu, aqui, trabalho e estudo. Só tenho tempo pra ela aos domingos e mesmo assim falta dinheiro pra nos divertirmos. O que eu ganho é o suficiente para pagar as contas.
Eu a amo, mas acho que ela não me ama mais. Falta carinho, e sobra irritação de ambas as partes, mas só de pensar que irei ficar longe dos filhos me da um aperto no coração.
Me considero um bom Marido, trabalho em dois empregos, estudo, ajudo nas compras e não deixo o básico faltar. Isso até eu me formar e melhorar de vida.
Tô vendo que meu casamento vai acabar e não sei o que fazer. Pior: nem dinheiro pra me separar eu tenho. Tenho empréstimo descontado na conta e pago aluguel. O que a gente faz nessa situação?
Detalhe, ela é bonita e eu me descuidei nesse período, engordei, enfim... Pobre, Divorciado, Gordo. Tô fu(*) ou não estou?

Autor: O. Tavares - Campos dos Goytacazes - RJ

É, acho que está. Mas você ainda pode lutar. Pode dizer isso tudo o que me disse pra ela, pode enchê-la de amor e carinho, pode rever algumas prioridades financeiras - tá você é duro, mas quem sabe - e viabilizar mais tempo pra ela mesma.
E pode, sim, EMAGRECER, já que você mesmo assume que é descuido.
Se não der certo, pelo menos você sai de cabeça erguida, com a certeza de que tentou. E pode ter certeza: até gordinho pobre arranja um novo amor.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Sobre a charge de ontem e sobre como você aborda o debate político: mandou muito mal, M.R.. Já temos muita gente poderosa querendo desmoralizar a política e desmobilizar a população.
Discutir política é algo saudável e deve ser estimulado. É lógico que muita gente não sabe respeitar um diálogo político, mas isso não vai mudar se os formadores de opinião continuarem a denegrir a política ao invés de estimular uma discussão respeitosa.

Autor: Fernando Henrique de S. Freitas - Goiânia - GO

Não confunda "debate político" com:
1 - Manifestar publicamente a preferência por um ou outro candidato.
2 - Acreditar nas pessoas e propostas que nos estão sendo oferecidas, num nível de marketing rasteiro.
3 - Aceitar o conceito do "vote no menos pior".
Tudo o que eu faço nesse site é debate político! Me condenar pela minha total descrença nesses dois grupos, comprovadamente corruptos, que se alternam no poder desde a primeira eleição de Fernando Henrique é, aí sim, "denegrir a política".
Viva a democracia!
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Pior ainda é declarar que vai votar branco ou nulo, pois daí tem que ficar se justificando para os dois lados.

Autor: Thiago Luiz - Sorocaba - SP

Desconverse, Thiago. Apenas desconverse. Funciona! Acredite em mim.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

E depois da polêmica do tapa-sexo no carnaval...