Terça-feira, 03 de Maio de 2016

Já ouvi você falar algumas vezes que você é feminista, isso me preocupa muito. Sendo a pessoa tão inteligente e opinada que você, não acha que já está na hora de abandonar essa rótula?
Vamos aos fatos: A definição de feminismo é que busca a igualdade entre os gêneros, porém temos que lembrar que feminismo não é só um movimento, é uma ideologia. Como ideologia, ela se modifica e vai atualizando a cada dia que passa.
Feminismo poderia ser uma coisa boa no passado, mas hoje com a terceira onda e a radicalização de feministas, não passa nada além de um culto de mulheres (e até homens) pregando a superioridade feminina na sociedade.
A ideia é que mulheres precisam de mais direitos hoje, e eu lhe pergunto: Que direitos? Mulheres, hoje em dia, têm muito mais direitos que os homens. Menores penas de prisão, proteção, o alistamento militar não-forçado, preferência sobre o apoio do filho, etc.
Se uma mulher disser que não quer um filho, pronto acabou. Ou o filho vai para o homem, ou vai para um orfanato, e a mulher pode morrer sossegada. Já o homem, não pode dizer que não quer filho, tem que pagar pensão pra tudo quanto é lado.
Enquanto feministas de terceira onda batalham aqui no Ocidente, ninguém pisca para os lugares que REALMENTE precisam do tal "feminismo real," digamos, o Oriente Médio. Onde mulheres são estupradas, massacradas, escravas do marido, e se até são estupradas, a culpa é delas mesmas e elas ganham ou cadeia ou morte. Enquanto aqui, temos babacas como aquele tal de Alisson que vive postando nos comentários porcarias como "VOCÊ OLHOU DISCRETAMENTE PARA MIM SEM MINHA PERMISSÃO??? MACHISMO EM 2016!!!"
A maior prova disso foi aquele movimento ridículo do "Eu não mereço ser estuprada," que retirou uma pesquisa do contexto e se espalhou pela internet na falta de informação. Além das feministas twitteiras que tentam a todo custo fazer com que a sociedade aceite que o propósito do "Inocente, até ser provado culpado" não se aplique à um caso de estupro.
Eu acho que não preciso citar exemplos de vários casos de acusações de estupro falsificadas, há pesquisas em que se indica que acusações chegam à ser 40% dos casos, agora imagine, 2/5 desses casos destroem a vida de um homem, enquanto mulheres saem ilesas desse processo.
Olha, não sou contra a igualdade, mas acho que está mais no que na hora de você reconhecer que só porque você também não é, não precisa usar um rótulo ridículo de um movimento que está completamente deteriorado. Há um movimento mais adequado do que esse, chama-se Igualitarismo.

Autor: João Pedro - Recife - PE

Aí eu vejo que você tem só 21 anos (idade declarada no formulário de e-mails) e dá vontade de me trancar no quarto, no escuro, em posição fetal.
É óbvio que eu não defendo nenhuma forma de radicalismo ou "inversão de superioridade": justiça é tratar os desiguais na proporção de sua desigualdade.
Enquanto homens se aproveitarem de vícios de cultura e de sua força física e porte maior (uma diferença biológica) para subjugar mulheres, o feminismo continuará fazendo todo o sentido.
E se algumas babacas quiserem levar essa luta - mais que justa - pra extremos risíveis, a sociedade saberá separar o certo do errado.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Terça-feira, 03 de Maio de 2016

Tecnologia europeia na faixa de pedestres.

Autor: Versetty - Rússia

Que sacada! Um joguinho pro pedestre distrair-se enquanto o sinal tá fechado, contendo o impulso de atravessar fora de hora ou - o que é pior - ficar focado no próprio celular e fazer m(*). Que triste saber que aqui esse apetrecho não duraria 24 horas pregado no poste.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Terça-feira, 03 de Maio de 2016

Eu tenho a sensação que ri mais disso do que deveria
 

Autor: EpileF - São Paulo - SP

Bem, 2,4 milhões de pessoas (número de views alcançado pelo vídeo) não podem estar tão erradas. É engraçado mesmo. A única coisa triste é saber que mão de obra escrava foi usada pra fabricar essa peça por quatreo dólares.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Terça-feira, 03 de Maio de 2016

Aí, M.R., a prova de que tempo é relativo é que um minuto a mais pra dormir é pouco, e um minuto a mais pra correr na esteira é muito...

Autor: Didi - Santos - SP

Ah, são tantos os exemplos. Mesmo parado no mesmo lugar: um minuto com vontade de ir banheiro é uma eternidade. Aliás, se quiser avançar na reflexão, lembre-se do seguinte: um bebê de um mês é muito, muito novo. Um pão francês de um mês é muito, muito velho.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Terça-feira, 03 de Maio de 2016

O que você faria se estivesse longe da sua família por causa do trabalho e estivesse ficando entediado e desanimado com o emprego? Na situaçao de hoje já mandei currículos para vagas da minha cidade, mas sem respostas. E agora? Não posso pedir demissão e voltar pra casa sem trabalho.

Autor: João Marsh - Recife - PE

EXAAAATAMENTE! Você mesmo já respondeu a pergunta: o que fazer? Você não pode pedir demissão e voltar pra casa sem trabalho. Olha a crise aí fora, meu velho! Continue espalhando currículos, caprichando no networking (rede de relacionamentos) e faça umas orações fervorosas, se você for um homem de fé.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Chegou o CD Xuxa só para Baixinhos (não é aquele, é outro...)!