Felipão canta - Epitáfio

Indique a um amigo.

Incorporar ao seu site

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Maurício, eu sou seu fã, cara! Fiz uma música da Goiaba que tá bombando no YouTube. Dá uma olhada e faz uma charge véi, essa zoeira tá demais, todo mundo adorando! Acho que vai ajudar a deslanchar demais!

Autor: Bruno de Castro Lima Sichieri - Trancoso - BA

Bruno, essa sua criação músico-vegetal realmente é divertida e desconsertante, mas... Não vejo como fazer virar charge! De qualquer forma, fica aí o clipe versão game e o link da sua nova música (abaixo). Que a vida coloque muitas goiabas no seu caminho.


Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Estou um pouco acima do peso: 86 kg para 1,75. Quando me questionam sobre isso e eu levo na brincadeira, falam que estou em aceitação com meu sobrepeso. Se eu falo que não estou gordo, falam que estou em negação e, por fim, se digo que tomarei providencia sobre isso, ninguém acredita e me desestimula a emagrecer. Então, qual é a melhor resposta para o comentário de que estou acima do peso? 

Autor: Anônimo -Porto Alegre - RS

Se fosse um caso de obesidade mórbida, daqueles contra os quais é muito difícil lutar (e que só os desinformados culpam a própria pessoa que tem o problema) eu diria pra você mandar todo mundo cuidar da sua vida.
Mas um pequeno sobrepeso é um inimigo que, com força de vontade, dá pra vencer. Então... simplesmente emagreça. Ou aceite o fato de que... a sua aceitação é um fato.
Eu, por exemplo, me aceito com um pequeno sobrepeso.
Pequeno.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Emitir opinião sobre determinado assunto em um local onde a maioria é contra é burrice ? Fico na duvida se me calo e me seguro ou se falo o que eu penso.

Autor: Wilker - Goiânia - GO

Existe uma linha sutil entre o sincero e o inconveniente. A gente tem que ter a sensibilidade pra entender se os interlocutores vão respeitar nosso ponto de vista e se estão abertos pra recebê-lo de forma civilizada.
Chegar numa reunião de igreja, por exemplo, e fazer um discurso justificando o ateísmo me parece bastante estúpido e agressivo. Mas a máxima "Política, religião e futebol não se discute" é burra. Você pode discutir tudo, inclusive crenças religiosas, ateísmo, Aécio e Dilma, se estiver conversando com gente capaz de manter um bom nível de diálogo.
Difícil é achar essa gente.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Jornalismo vai com Deus. Uma repórter da Record virou piada nas redes sociais nesta terça (25) após sua foto entrevistando a "vítima" de um grave acidente viralizou na internet. O problema: o acidente não aconteceu de verdade e o senhor ensanguentado na imagem é, na verdade, um ator.
Ainda bem. Seria realmente uma repórter sem noção. Pior do que o self no velório de Eduardo Campos. 

Autor: Alaresvino - Recife - PE

Eu vi que o tema virou piada. O que não vi (talvez por não ter procurado) foi uma reflexão séria sobre essa barbaridade.
Gente, como diria o poeta, "que país é esse"?
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

A charge de hoje me fez lembrar a dos Hot pinguins. Uma das melhores já feitas !!! Momento nostalgia. Parabéns pelo excelente trabalho e continue sempre assim. Um abraço de um fã de mais de uma década e T +. 

Autor: Carlos Eduardo - Goiânia - GO

Obrigado, Carlos. A charge de ontem dividiu bastante o público do site. Metade, como você, achou divertida. Mas outra metade não acha que pinguins estuprados devem ser tema de piada. A essa parcela, mil perdões. Longe de mim querer ofendê-los.
Mauricio Ricardo

Comentar ou ler comentários - Escreva para esta seção

Charges-okê! Felipão canta Titãs pra explicar jogo de ontem!